44249

Mais Informações

Como impedir que um gato arranhe a mobília

Adora o seu gato, mas ainda se lembra daqueles tempos em que chegava a casa e estava tudo em ordem? Em que os cortinados não saiam do lugar, os tapetes não exibiam fios soltos, as mesas não apresentavam arranhões e os sofás não tinham o forro à vista? Pois bem, pode regressar a esses tempos sem ter de abdicar da companhia do seu animal de estimação.

Leia este artigo e perceba como impedir que um gato arranhe a mobília!

 


 

A necessidade natural de manter as unhas afiadas e marcar território, fará sempre parte do comportamento dos felinos e os seus donos aceitam isso, caso contrário teriam optado por adquirir um peixe ou um periquito.

Contudo, quando o bichano satisfaz essas necessidades à custa da mobília, pode ser frustrante. Há que impedir que um gato arranhe a mobília sem o privar de exercitar os músculos e afiar as unhas, pois este é o principal motivo para ter o sofá em fanicos e a mesa da sala toda marcada. Mas há mais: os gatos (machos) também gostam de arranhar para marcar o território mesmo que não convivam com outros animais, uma espécie de “não vá o diabo tecê-las”.

Seja como for, foi você que adotou um gato e não o contrário, pelo que é justo que ele acate as regras lá de casa. Não seja permissivo, mas seja compreensivo. Esse gato que adora, vai acabar por deixar os móveis de lado… se você aceitar este conjunto de dicas

Adquirir um arranhador para gatos

Em primeiro lugar, para impedir que um gato arranhe a mobília recomendamos que em vez de tentar contê-lo, lhe ofereça uma alternativa saudável às suas mesas e cadeiras. Um arranhador de gatos! Esta espécie de poste que encontra facilmente em lojas para animais, serve para o seu gato afiar as unhas e pode ser a solução para todos os seus problemas se a introduzir enquanto o animal ainda é pequeno (quanto mais velho, mais difícil será eliminar os maus hábitos e treiná-lo para usar um arranhador de gatos). A par, deve incentivar o bichano a usar a traquitana e, se for necessário, reservar um tempo para brincadeiras perto do arranhador, oferecendo-lhe guloseimas, brinquedos e elogios quando ele o usar para afiar as unhas.

Como escolher o arranhador mais indicado?

  • Procure por um arranhador da altura do seu gato, quando ele se estica e fica de pé.
  • Compre um arranhador de gatos firme, que não ceda com o peso do animal, que seja áspero e resistente.
  • Veja qual o tipo e modelo de arranhador de gatos mais indicado: além dos postes, existem arranhadores em forma de bloco, tapete e até estruturas de vários andares! É uma questão conjugar o espaço e orçamento que tem disponível com as preferências do animal. Existem gatos que gostam de afiar as unhas em arranhadores em sisal verticais, outros em arranhadores de cartão horizontais. Na dúvida, compre dois modelos diferentes. De algum ele vai gostar!

Onde colocar o arranhador?

Coloque o arranhador de gatos numa posição estratégica. Verifique quais são os móveis mais arranhados pelo gato e posicione o arranhador o mais perto possível deles para impedir que o bicho arranhe a mobília através de uma alternativa, aliciante, mesmo ali ao lado! Caso o seu gato arranhe os móveis pela casa toda… que tal comprar também mais do que um arranhador?

Que fazer se o gato ignorar o arranhador?

Terá de esforçar um pouco mais para impedir que um gato arranhe a mobília.

  • Em primeiro lugar, use as suas próprias unhas para mostrar ao gato como arranhar.
  • Em segundo lugar, pendure um brinquedo no arranhador para atrair a atenção do animal, pois durante a brincadeira, ele poderá descobrir como é bom arranhar aquela superfície! Ou, em alternativa, coloque uma peça de roupa sua em cima do arranhador para que o gato pense que se trata de um objeto seu e não dele e se sinta mais atraído. Genial, não?
  • Em terceiro lugar, borrife ou esfregue o arranhador com catnip, essa planta da família da hortelã que provoca nos gatos uma sensação de bem-estar temporária.

Proteger a mobília

Se o seu companheiro não revelar qualquer interesse pelo arranhador de gatos, passe ao plano dois que é proteger a mobília. Cobra os sofás, cadeiras, mesas ou tapetes que ele mais gosta de arranhar com papel, pode ser folha de plástico, pois a sua textura lisa e pegajosa consegue impedir que um gato arranhe a mobília.

Usar capas ou unhas postiças para gatos

Enquanto treina seu gato para usar o arranhador ou qualquer outro meio para afiar as unhas que não a sua mobília, pode recorrer a capas ou unhas postiças para gatos (em borracha, gel, silicone ou vinil) que podem ser colocadas individualmente em cada unha do animal para reduzir o impacto da unha verdadeira. Este método para impedir que um gato arranhe a mobília nem sempre funciona porque o gato pode sentir-se muito desconfortável e desatar a coçar com as suas novas unhas, acabando por destruir as capas e as mobílias. Contudo, vale sempre a pena experimentar, não é verdade? Pode comprar as unhas postiças para gatos (em vários tamanhos e cores) em lojas de animais ou sites da especialidade e se tiver dificuldade, pode aplicá-las na nossa clínica veterinária. 

Contacte-nos para marcar a consulta!

Aparar ou cortar as unhas do gato

Aqui está uma solução de recurso para impedir que um gato arranhe a mobília! O seu gato (ainda) não deixou de estragar os móveis, mas os danos não são tão visíveis e profundos se mantiver as suas unhas sempre rentinhas, correto? Como parte do motivo para os gatos arranharem se prende com o facto de sentirem necessidade de manter as garras afiadas, se aparar ou cortar as unhas do gato diminui-lhe a vontade. Mas… os gatos têm 18 unhas, 10 nas suas patas dianteiras e 8 nas traseiras! É muita unha para aparar ou cortar e, ainda por cima, deve fazê-lo a cada duas ou três semanas, aproximadamente. É um processo que pode ser complicado e que deixa gato e dono nervosos. Por isso, caso não saiba, não consiga ou simplesmente não queira aparar ou cortar as unhas do gato, convidamo-lo(a) a dirigir-se à Clínica Veterinária João XXI, onde teremos todo o prazer em ajudar.

Agende já o corte!

Ralhar com o gato

Se nada do que indicámos até aqui funcionou, vença o seu gato pelo cansaço: sempre que ele começar a arranhar a mobília, corrija-o com um sonoro “não!” e depois pegue nele e coloque-o junto do arranhador. Como não é agradável, nem para um gato independente, estar sempre a ouvir alguém a gritar, pode ser que se desinteresse pelos móveis e perceba que não tem outra alternativa senão arranhar o poste.

Boa sorte!

Pedido de Informação sobre Tratamento das Carraças em Cães